[Review] Kimi ni Todoke – Capítulo 101

Olá, pessoas! Depois de tanta espera, vamos conversar sobre este capítulo maravilhoso que nos trouxe um desfecho emocionante sobre os problemas da Chizu-chan e do Ryu! 😉

12421294_1012771672129454_30265138_n

Todos nós sabemos o quanto estava sendo difícil para a Chizu-chan torcer para o Ryu em seus jogos, pois isso significaria estar separada dele. No capítulo passado, o último jogo da vida escolar de Ryu não estava indo tão bem sem o apoio da Chizu, que no fim do capítulo consegue torcer por ele.

Ganbare, Ryuuuu

Continuando com esta situação, neste capítulo, o estímulo da Chizu-chan surte efeito imediato! O que o amor não faz, não é? Ao ouvir a voz a sua amada gritando que rebatesse a bola, ele logo se determina e -tac- rebate a bola.

E rebateu

E rebateu \o/

Chizu se sente ótima por tê-lo animado, porque ela se deu conta de que esteve sempre falando “Faça o seu melhor”, “Você consegue” e “Trabalhe  duro” para ele em seu coração. Ela diz que se sente pequena, que teve medo que ele desaparecesse, pois ele esteve seeempre ao seu lado.

Tão fofa *-*

Tão fofa *-*

Após a rebatida, todos se animaram sobre o time ainda ter chances de ganhar o jogo… Mas infelizmente não foi suficiente, o adversário continuava os pressionando. Na hora do desespero até os ateus passam a acreditar em Deus rs. E foi justamente o que a Chizu faz, ela toda angustiada começa a orar, pedindo que Deus olhe por Ryu e deixe que ele continue jogando Beisebol, pois Ryu sempre foi um cara sério e que nunca culpou os outros nos momentos mais difíceis, apenas, silenciosamente, fazia o seu melhor. Ela até promete estudar matemática todos os dias. XDGood

promessa

Tadinha, tava desesperada a ponto de prometer que vai estudar rsrs

Fim da partida, mas os resultados não foram positivos… Eles não conseguiram vencer. Todo mundo triste e tal, Ayane ainda tenta confortar a amiga dizendo que Deus deve ser muito ocupado, pois não tem que olhar somente por Ryu, mas por todos, e o lado ateia toma conta novamente e diz que estava errada e que ela é aquela que esteve olhando Ryu.

É ela!!!

Nem sempre nossas preces são atendidas… Fazer o quê, né?

Aí a parte mais fofa do capítulo chega: Chizu vai toda determinada consolar Ryu que estava triste por ter perdido. Ela o abraça e o tadinho chora e diz que acabou, mas a nossa Chizu, com lágrimas nos olhos diz que ainda há uma continuação, que ainda há a universidade e que ela está ali por ele e sempre estará, que ele não precisa se preocupar e apenas ir. <3

pode chorar estarei aqui

Ryu fica feliz e aceita o conselho da sua namorada, a beija, e lhe faz um pedido muito fofo de casamento *-* . Ele diz que voltará o mais rápido possível e que quando isso acontecer, ele quer formar uma família com ela e gerenciar a loja(de ramen) juntos. Obviamente a Chizu aceita e os dois já começam a fazer planos para o futuro.

kyaa

Fofos demais *-*

família

coisa em branco

Agora só nos resta Sawako e Kazehaya se resolverem. Kuronuma parece estar determinada a decidir o que ela realmente quer (sobre a universidade), pois só assim ela poderia encarar seu namorado. Acho que no próximo capítulo vamos ter um foco nas decisões da Sawako e sobre como Shouta irá reagir a isso.

decisão

Esses dois últimos capítulos foram muito interessantes, pois nos mostraram (de forma meio indireta) os sentimentos de Ryu sobre tudo o que estava acontecendo. Ele também não queria ficar separado da Chizu, mas não poderia desistir assim da carreira que ele escolheu seguir (o que é muito compreensível), porém a falta de apoio da Chizu o estava afetando de forma que ele não estava conseguindo se concentrar no esporte. No fim ele estava até disposto a abandonar a carreira por ela.

planos

Tô tão feliz que eles se resolveram <3

O que acharam do capítulo e do pedido de casamento do Ryu? O que acham que Sawako decidirá e qual será a reação do Kazehaya a essa decisão? Deixe suas opiniões nos comentários! Beijos, até a próxima! 😉

Comments

comments