[Review] Tokyo Ghoul:Re – Nova Edo

Finalmente revelado quem controla a Coruja! Confrontos esperados do mangá estão prestes a acontecer e destinos infelizes se revelam.

O capítulo da semana retoma de quando os filhotes/monstros, cheios de toxina, saem de seus ovidutos, enquanto Kaneki e Ayato estão em sua investigação, os dois tentam fugir, porém Ayato percebe que não tem uma saída fácil e decide enfrentar sozinho os filhotes.

O personagem está com dificuldades físicas e respiratórias devido aos efeitos da toxina, mas decide ficar para proteger o Kaneki dizendo que ele é insubstituível e que deve poupar suas energias para batalhas maiores.

O capítulo confirmou o que já tinha comentado nos reviews anteriores de que o Ayato vai sofrer nessa batalha e pode morrer. O que deixou o capítulo mais difícil de ler (emocionalmente) foi quando ele se dirige ao Kaneki como um irmão, do mesmo modo em que ele chamaria a Touka. :'(

Adeus Ayato?

Mas o que me deixou intrigada é se de fato ele morrerá ou algum milagre aparecerá – talvez um personagem mais forte que o ajudará – e como o Kaneki aceitou a situação de uma forma “rápida” e sem pestanejar, já que ele mesmo disse que está “cansado de fazer nada”.

Voltando para o grupo do CCG que enfrentaram o super ataque da Coruja, alguns ficaram vivos, porém metade foram abatidos e, finalmente, a Akira Mado reaparece para ajudar na estratégia de batalha do CCG.

Mado volta para o centro de comando

A luta contra a Coruja foi cheia de cenas ótimas, além da aparição de Kiyoko e da Mado, o Suzuya monta o seu equipamento mais forte e protege quem estava ao seu redor. Por isso ele assumiu o golpe de frente, pois sabia que conseguiria defender. Comentário a parte, eu particularmente adoro essa forma “master” do Suzuya, mas se me lembro bem, isso tem um risco a saúde física de quem utiliza.
Na verdade todos os Quinx defenderam os investigadores do CCG, junto com o esquadrão Suzuya, sendo esse o momento de todos se reestruturarem, enfrentarem o monstro e de conseguirem segurar o movimento da Coruja.

Quincx seguram a Coruja

A forma do corpo da Coruja agora está cheio de cruzes (ou seja um corpo morto sendo dirigido por alguém de fora) e que de certa forma segue um padrão de ataque, pois foi notado pelo Hide que o corpo assobia antes de fazer seu grande disparo. Assim, eles descobrem o que vários leitores já sabiam/suspeitavam, o corpo é controlado remotamente.
Akira começa a trabalhar com a Hinami para encontrar onde está o responsável por controlar o corpo da Coruja. Rapidamente Hinami encontra o Donato bem distante de toda a cena e só direcionando comandos para o corpo da Coruja.

Donato é encontrado comandando a Coruja

Enfim, algumas das lutas mais esperadas estão para acontecer, além de finalmente o Yomo e Amon reaparecem no mangá para lutar. Assim, o último enfrentará seu passado obscuro representado como Donato e o Yomo  o seu passado chamado Uta.
Acho que Donato, ocupado lutando contra o Amon, vai dar uma “folga” para o grupo do CCG já que não conseguirá controlar a Coruja, mas posso estar enganada. E quanto a Uta x Yomo, a luta parece que será bem difícil, e pelo olhar do Uta ele não vai lutar para perder e vale lembrar que o Yomo passou por uma batalha recente em que quase morreu.
Esse capítulo realmente foi muuuuito bom! O Ishida focou em todos os personagens e mostrou em cada canto como está a resistência. Além disso, várias hipóteses foram respondidas, lutas épicas estão para vir e alguns personagens queridos podem sofrer no final, como o Ayato.
O que foi bem legal, é que no desenho focaram muito nos olhos decididos dos personagens, como do Ayato quando tomou sua decisão de ficar e proteger o Kaneki, da Akira Mado ao tomar controle da situação e agir estrategicamente, Hinami ao achar o esconderijo dos Palhaços, do Amon e Donato ao se confrontarem e do Uta e Yomo ao se reencontrarem. Cada um comunicando uma coisa e de forma bem expressiva.

 

Comments

comments