[Review] Boku no Hero Academia – Capítulo: 178 e 179

 A quirk de La Brava é revelada, o suporte que só Gentle conquistou! O único sonho de Gentle, o sonho de entrar para a História!
 Capítulo 178: Uma mulher chamada ”La Brava”
Pulando a parte do festival. Acredito que ninguém esteja interessado nesse festival de qualquer forma, mas sim para caso tenha porrada durante isso xD

No capítulo anterior já havia sido revelado que a quirk de Gentle dura um pouco mais, mesmo que ele já tenha deixado de usar aquela área. Rapidamente Midoriya nota isso e usa a seu favor.
 Foi impressionante o quão rápido Midoriya se acostumou a lidar com a quirk de Gentle. Apesar de que acredito que Gentle possa fazer mais coisas com essa quirk. Ele inclusive poderia ter deixado uma segunda barreira de ar na frente do curso que o Midoriya iria reaproveitar da elasticidade do guindaste. Mas ele talvez nem confiasse que o Midoriya iria largas as vigas e priorizar a sua captura.
A discussão sobre a quirk da La Brava estava em alta, mas o Kohei ainda precisaria de mais contexto para apresenta-la desse jeito. Eu ainda acredito que a situação escolhida não foi adequada, visto que para isso foi necessário o Midoriya rendendo o Gentle de forma tão fácil, inclusive utilizando da quirk do próprio Gentle, coisa que o Gentle já estava mais do que acostumado.

Foi legal a forma como Midoriya utilizou destas áreas tocadas pela quirk do Gentle, mas fez parecer que o próprio Gentle não reparasse nas partes em que ele mesmo toca. Enquanto o Midoriya tinha que se concentrar no combate, nos movimentos defensivos do Gentle e ainda nas áreas em que ele tocava, o Gentle ficava parado tentando evitar danos e por ver que o Midoriya já estava utilizando de suas áreas, ele poderia inutiliza-las fazendo outras áreas bloqueando cursos, como eu havia mencionado na parte do guindaste.

Acho que foi só uma abordagem ruim para apresentar uma quirk tão incrível e legal quanto é a da La Brava, que é o que nos leva para a segunda parte deste capítulo.



É bizarro o fato dela ter esse tamanho e ser visualmente uma criança, mas formatura?? Ou a realidade escolar em Boku no Hero é bugada, ou ela é muito mais velha. Mesmo que tenha cara de 10-11 anos.

e nessa daqui cai pra 6…

Kohei sabe nos fazer sentir pena dos personagens… A quirk dela inclusive tem muito haver com sua personalidade.
Ser hacker se mostrou ser apenas uma habilidade normal. Por ter uma quirk de fortalecer a pessoa quem ela ama, seria muito fácil ser uma quirk bloqueada caso ela não conhecesse o Gentle. Só é curioso pensar em como ela descobriu a própria quirk.
 No fim das contas ela só não usava tal quirk pelo fato de que o Gentle não gosta de violência gratuita. Só falta saber quanto tempo o efeito dura, e acredito que ela também tenha algum tipo de ”cooldown” em que passe um tempo sem poder usar novamente.

A última página promete que no próximo capítulo a luta ainda não acabou. Apesar disso, o golpe do Gentle foi realmente efetivo. Mesmo que talvez não seja o seu estilo, eu gostaria de ver ele socando diretamente o Midoriya, para demonstrar o nível total de força que ele ganhou.


 Capítulo 179: O Festival Cultural Começa!

Neste capítulo tanto a continuação da luta entre Midoriya e Gentle, que está cada vez mais parecendo algo além do que só uma ”introdução”, e o começo do Festival que Gentle planeja invadir.

 Por dois quadros chegamos a ver um herói profissional com uma quirk envolvendo farejo canino, e estou apostando nele ter percebido Midoriya e Gentle, já que mais nada foi introduzido depois do quadro dele.
 
  Cada vez mais Midoriya forçou Gentle a fazer coisas das quais ele não se orgulha, em utilizar técnicas ofensivas demais. É uma quirk muito conveniente para uma pessoa tão inconveniente em combates. Mas ainda vejo Gentle como um personagem que o Kohei está ”nerfando” demais para ter um combate equilibrado com Midoriya. Esta quirk tem diversas formas de desviar, diminuir ou parar ataques ofensivos e ser ofensiva ao mesmo tempo, e ele não deve ter treinado pouco para chegar nesse nível de controle da própria quirk, ainda assim até agora ele ainda não tinha utilizado dela.
  Midoriya acabou tocando na ferida oculta de Gentle, sonhos. Aquele que parecia ser alguém muito bem equilibrado, mas como sempre, chegou nesse estado depois de um passado ruim.
 
 Ele nunca teve jeito para ser herói ou uma pessoa muito bem socialmente, diversas vezes vimos ele sendo desastrado, ou nada sociável. Eu acredito que o cargo de anti-Herói cabe perfeitamente nele. 
 Ter sido expulso de casa e abandonado pelos poucos que chegamos a ver terem sido próximos a ele. Até mesmo pelo seu antigo colega que desde o começo se deu bem nos exames para admissão a herói.
 
 Isso mostra o quão diversas são as formas com as quais as pessoas interagem com os acontecimentos em suas vidas. As pessoas que tendem a se dar mau passam a ter uma vida mais lenta e torturante, ao ponto de ficarem acumulando tristezas. As pessoas que vivem mais felizes tendem a esquecer dos mínimos detalhes, até das vezes em que se deram mau e ocasionalmente do seu passado. Só foi curioso, pra mim, este último quadro em que ele pega um livro ou coisa assim, e é como se fosse sua última esperança, mas não achei mais nada sobre isso.
 Depois disso, foi revelado que no capítulo em que Gentle apareceu pela primeira vez, no qual ele derrota vários policiais, também foi utilizado o ”Love-Mode” o que explica aquele ”gás” que agora, creio eu, ser uma fumaça da quirk de La Brava, e por isso que vimos aquela distorção dentro de toda a loja e o Gentle dado o alerta para La Brava antes de ter passado atrás dos policiais.
  E logo depois disso, a luta passou a parecer num nível último combate de arco (mesmo que este esteja no começo :p ) e imagino o que vem pela frente. Talvez Gentle seja apenas um dos personagens que surge durante esta época de Festival Cultural. Foi mostrado no capítulo 179 que todos tem uma história, e podem surgir vilões, criminosos, anti heróis ou até heróis de fato, mas que não tem nenhuma filiação com a associação, talvez por ser contra essa capitalização encima do ato heroico, coisa que também espero ver ocorrendo diversas vezes no futuro.
 O capítulo acaba com a cena de um embate caprichado e de uma arte excelente. Apesar disso, esta luta, na minha opinião, já se prolongou demais e eu espero que no próximo capítulo ela tenha um fim bem feito.
 Esta foi o review dos capítulos 178 e 179! Espero que tenham gostado. Críticas, discordâncias e elogios nos comentários. Até mais XD.

 

 

Comments

comments