[Review] Shingeki no Kyojin – Ataque

O ataque ao Festival em Marley continua, e o Titã Colossal aparece.

Começamos o capítulo com uma cena que confirmava as especulações de muita gente – Falco está vivo!

Reiner se transformou parcialmente em um Titã e protegeu Falco

Falco acorda e se depara com uma cena de guerra: os titãs de Marley tentam atacar as pessoas da Tropa, enquanto Eren e Mikasa tentam lidar com o Martelo de Guerra. Ele fica estupefato com a cena, pergunta como Eren pôde enganá-lo daquela forma, e vê os corpos das pessoas que moravam no prédio que Eren derrubou entre os escombros. Ainda é cedo para falar como Falco vai reagir a todos esses acontecimentos, mas é bom ver que ele não pensa logo em vingança, apesar de estar abalado com o que Eren fez e a forma com a qual Eren se aproveitou dele.

Ele procura por Reiner, que havia se transformado parcialmente em um titã para protegê-lo, e descobre que Reiner está inconsciente. Falco se lembra da informação de que qualquer ferimento pode ser curado automaticamente, desde que o portador tenha uma grande vontade de viver, e se preocupa com Reiner, que há poucos minutos antes do ataque tinha expressado o desejo de querer morrer, por não conseguir mais viver com a culpa que sentia. Essa informação nos dá a ideia de que Reiner realmente teria conseguido se matar se tivesse seguido com o ato até o fim. Falco fala que irá buscar ajuda para Reiner, e lhe diz que nem todas as pessoas que estão ali são inimigas. Ele, Gabi e os outros estão do seu lado.

Falco tenta acordar Reiner

Enquanto isso voltamos a cena de batalha. Zeke está atacando a Tropa, que consegue se safar, salvo alguns membros que resolveram atacar Zeke por conta própria, movidos por vingança. Pieck não tem problema em eliminá-los, e está no dever de proteger a retaguarda de Zeke. Apesar disso, os movimentos da unidade Panzer são limitados, uma vez que as armas não foram projetadas para atacar inimigos de todos os ângulos, e eles tem um ponto cego logo acima deles. Por sorte, Porco estava por perto para protegê-la. Essa formação – Zeke atacando na frente e Pieck e Porco lhe dando cobertura – é uma das coisas cruciais nesse capítulo.

Pieck e Porco devem proteger a retaguarda de Zeke

Temos uma mudança de foco na batalha para Eren contra o Titã Martelo de Guerra. Eren tenta devorar o cristal com Lady Tybur dentro, mas acaba quebrando sua mandíbula. Apesar de Eren ter capacidade de endurecer, e de que a armadura que ele pode fazer é feita do mesmo componente do cristal que envolve Lady Tybur, o cristal deve ter uma maior concentração do material, o que o torna muito difícil de quebrar. Isso também pode ser um indicativo que Annie ainda está presa no cristal em Paradis. Apesar de ter falhado em sua tentativa, Eren percebe que Lady Tybur não tem mais energias para ativar sua forma titã, enquanto ele ainda é capaz de usá-la mais uma vez, fazendo sua terceira transformação da noite.

Eren é incapaz de quebrar o cristal da Lady Tybur – seria isso uma dica de que Annie continua presa no cristal?

Porco fica abalado ao ver que Eren ainda tem energias para se transformar e lutar, mesmo depois de tudo que já fez. Pelas palavras que usa, dá para imaginar que ele pensa que parar Eren e recuperar o poder do Titã Original vai ser uma missão muito difícil. Enquanto isso, Pieck consegue fazer uma leitura mais crítica e real da situação.  Pieck acredita que mesmo que pareça que eles estão em desvantagem agora, essa situação não ficará assim para sempre, desde que eles mantenham seu foco. A Tropa está lutando usando o Dispositivo de Manobras Tridimensionais, o que significa que eles não puderam trazer muitos recursos consigo. Muitos dos membros, incluindo a própria Mikasa, estão sem as suas Lança Trovão, e o gás para o equipamento é limitado. Além disso, o exército de Marley está cercando a região e dificultando as rotas de fuga, de modo que a vitória de Marley é questão de tempo, e, sendo assim, eles devem agir com cautela. Ao invés de partir para um ataque direto, os dois devem manter sua posição protegendo Zeke, principalmente contra um ataque de Levi, pois os Ackerman são seus maiores inimigos naquele campo de batalha.

Pieck sempre consegue fazer uma boa leitura da situação

A partir daí temos a sequência mais interessante e misteriosa do capítulo – Zeke faz outro ataque, do qual a tropa consegue se proteger, pois estão refugiados dentro dos prédios. Depois disso, Zeke declara que Eren Yeager não é seu inimigo, que irá começar a luta pelo Levi, e o provoca falando que ele não tem muito tempo. Nesse momento, vemos um quadro aonde Levi segura um relógio enquanto escuta a provocação de Zeke.

Zeke anuncia que Eren não é seu inimigo – Isso também pode significar que ele não quer lutar contra ele primeiro, mas que vai concentrar seu ataque no Levi.

Zeke provoca Levi, ele parece ter noção do plano

As teorias mais populares entre os fãs no momento sustentam que Zeke está trabalhando com Paradis, pelo que acontece nessa cena e em algumas partes futuras do capítulo. Isso justificaria o porquê de os ataques dele não terem causado tantas fatalidades, assim como justificaria as suas falas, já que isso seria um sinal para que o Levi o atacasse e eles seguissem com o plano. A partir dessa página temos mais cenas que pessoas estão usando para reforçar essa teoria, mas vou seguir a apreciação do capítulo com uma análise que vai contra essa mais popular.

Em reviews passados, cheguei a mencionar minha teoria de que o ataque a Marley foi iniciado por Eren, e que a Tropa não teve muita participação na forma com que ele ia acontecer. Sigo acreditando nisso, e acredito que eles estão lá para resgatar Eren antes que o inimigo consiga pôr as mãos nele, o que seria fatídico para os habitantes da ilha. Por isso que enquanto Eren segue tentando lutar contra o Martelo de Guerra, os outros membros só focam em parar os titãs que podem atrapalhar seu plano de fuga. Eles têm noção de todas as coisas que Pieck apontou, eles sabem que se ficarem ali por muito tempo não terão nenhuma chance, e por isso eles já começaram a participação nesse ataque com um limite de tempo para se retirarem.

Dito isso, ainda é bem possível que Zeke teve contato em algum momento com Eren, e que ele tem noção dos objetivos dele, e sabe que a Tropa não pretende ficar ali por muito tempo, por isso ele só tem que aguentar até o resgate chegar, ou também concorda com a frase da Pieck que eles têm que poupar suas energias para conseguir durar mais tempo em batalha que a Tropa. Se realmente for o caso de ele saber o plano da Tropa, creio que foi ele quem prendeu Porco e Pieck, não para trair Marley e facilitar o trabalho da Tropa, mas sim se assegurar que eles não perdessem forças em uma batalha desnecessária, já que a Tropa só queria tirar o Eren dali. Ele ser aliado de Eren não significa necessariamente que ele seria aliado de Paradis, já que ainda não temos nem certeza do grau de envolvimento do pessoal da ilha nesse plano, e pelos diálogos que eles tiveram até agora, não creio que foi tanto. De qualquer forma, vou seguir o resto da análise com essa possibilidade em mente.

Falco consegue se encontrar com Magath, na mesma hora em que Gabi também chega. Enquanto Magath tenta entender o que aconteceu com as duas crianças, a cena é cortada para uma que se passa na costa.

Os navios da marinha de Marley chegam para a batalha, mas Armin, que não parece nada feliz com sua missão, se transforma em Titã Colossal e destrói toda a frota de Marley.

Armin parece receoso, mas se transforma no Colossal e acaba com a frota de Marley

O impacto causado pela sua transformação consegue ser visto de longe, e dessa forma os Guerreiros e o exército de Marley recebem a confirmação que Bertholdt está morto e que uma nova pessoa está com seu poder.

Ao descobrir isso, Porco fica indignado e enraivecido, e se deixa levar por suas emoções, partindo para atacar, o que abre uma brecha na formação de Marley, que eu citei no começo dessa análise. Ele parte para um duelo direto com Mikasa, que nós só saberemos a conclusão no próximo capítulo, se tivermos sorte.

Porco se deixa levar por suas emoções e parte para o ataque – algo que nunca funciona bem nesse mangá

Ao quebrar a formação e partir para o ataque, Porco também tirou a atenção de Pieck, que também ficou abalada pela sequência de acontecimentos, e isso abriu uma brecha para que Levi e o restante da Tropa pudessem atacar sem problemas.

Agora algumas considerações sobre a cena em que o Levi ataca o Titã Bestial, e joga uma bomba em seu pescoço para finalizá-lo na frente de Magath e das crianças.

Levi ataca o Bestial em frente a Magath e as crianças

Muitos creem que esse ataque foi muito fácil, que o rosto de Levi parece frustrado porque não poderia matar o Zeke já que ele é um aliado, e que a forma daquele ataque foi para encobrir Zeke fugindo do titã, possivelmente até com um Dispositivo de Manobras Tridimensionais. Eu não creio que seja o caso, e vou listar os motivos que me levam a crer no contrário.

  • A fumaça de DMT que aparece logo antes do Levi aparecer em cima do Zeke é claramente mostrando o movimento do Levi, e não apontando para uma rota de fuga do Zeke. É possível ver no restante desse capítulo e em capítulos passados que a fumaça do dispositivo sempre tem uma concentração maior no ponto de início, e vai ficando mais fina indicando o movimento da pessoa, logo aquela fumaça mostra um movimento de cima para baixo, e não o contrário.

Aqui podemos ver como a fumaça do DMT sugere que aquele foi um movimento feito por Levi, que veio de cima para baixo

  • Levi não parece frustrado por não poder matar Zeke, mas sim tem a mesma expressão que tinha na primeira vez que lutou contra o Titã Bestial, numa clara referência.

Rosto do Levi na primeira batalha contra o Bestial comparado ao da segunda batalha

  • O ataque de Levi foi rápido porque ele tem consciência de que o tempo está acabando, o objetivo maior dele é inutilizar o Zeke para que o mesmo não atrapalhe na fuga deles, e não tem o foco maior de eliminá-lo. Deve ser por isso também que Levi jogou uma bomba no pescoço do Zeke caído, pois é um método mais rápido e eficaz de finalizá-lo. Isso só prova que Levi não está se deixando levar pelas emoções ou pelo desejo de vingança, e está querendo se ater ao plano.
  • Se Zeke realmente tivesse fugido da sua forma titã, poderíamos ver uma grande fumaça saindo de seu pescoço, e seu corpo titã iria começar a se desmanchar. Como nenhuma dessas duas coisas foram mostradas, considero seguro afirmar que Zeke ainda está lá dentro.

Sair dos titãs, mesmo que só parcialmente, causa bastante fumaça

Ficando sem o apoio de Zeke e Porco, Pieck se torna um alvo relativamente fácil, e a Tropa aproveita a oportunidade para atacá-la. Eles concentram um ataque de Lanças Trovão nela, que acaba matando toda a unidade Panzer e deixa Pieck a beira da morte. Justo quando Jean vai dar o golpe final, Falco não consegue mais assistir a tantas desgraças, e se posiciona na frente de Pieck, implorando para que Jean pare o ataque.

Falco pede a Jean para que ele pare

O capítulo termina com essa cena, e nos leva a crer que alguém irá morrer no próximo. A cena de Sasha poupando Gabi no capítulo passado foi uma referência a uma cena passada dela protegendo uma criança, e creio que essa cena de Jean e Falco seja referência a uma cena do arco político em que Jean hesita em matar uma pessoa. Nos resta esperar para ver como serão as consequências disso!

Sobre a questão do tempo e do plano de fuga, creio que o plano envolva um transporte aéreo, pelo menos por um trecho, já que eles estão cercados pelo exército de Marley se tentarem fugir por terra, e isso também explicaria o uso das luzes, que guiariam o caminho para esse transporte chegar. Apesar disso, creio que eles irão fugir principalmente pelo oceano, usando o transporte aéreo até parte do caminho, já que seria difícil eles terem tecnologia aérea para cobrir um espaço da ilha até o continente. Isso também é outra boa razão para Armin estar no mar – ele tem que garantir que nenhum outro barco alcançaria o deles.

Esse foi um capítulo cheio de emoções e com muitas especulações, então vamos aguardar ansiosamente para ver como Isayama vai resolver algumas dessas situações.



Gostaram do review? Alguma crítica ou sugestão? Pode comentar ou nos mandar por mensagem! Quer acompanhar nossos reviews e teorias? Curta nossa página: https://www.facebook.com/otakunoemaki/.

Comments

comments