[Review] Boku no Hero Academia – Capítulo: 170

 Um festival cultural está por vir, e com ele a libertação de Eri. Um novo vilão surge, fama é o que ele busca. Uma quirk misteriosa.

 Eu nem fiz review do capítulo 169 devido não ter nada para se tirar daquele ”filler”.
Capítulo 170: Juntos com a Eri-Chan
O capítulo foi emocionante na maioria dos momentos, com a Eri recomeçando a vida sem o Chisaki. Considerando que antes ela sequer sabia como sorrir, até ela esquecer totalmente daquele passado, eu acho que só um time skip ou quando ela já estiver mais velha.
 A ideia de levá-la para o festival foi ótima, e foi legal como o Kohei conectou esse evento com o problema dela, e agora esse evento terá alguma significância um pouco maior. Na minha opinião, antes desse capítulo, a única forma de tornar esse festival interessante seria com vilões atacando de novo (não existem eventos nos quais vilões não se envolvam, nesse mangá) mas ficaria tão repetitivo ter mais ataques de vilões.   No exame para a licença de herói foi mais interessante por causa da habilidade da Toga, houve a interferência de uma vilã, mas não causou aquela muvuca. Se acontecer algo parecido novamente, eu não veria problema, já que o conflito estaria às escondidas.
Sobre a quirk dela, agora está mais evidente que quanto maior o chifre dela, mais estável e difícil de controlar é a quirk dela.
 Depois da cena em que ela tentava sorrir e não conseguia, a primeira coisa que pensei seria que o Deku apresentaria o All Might para ela. Uma outra dúvida é se caso ela encontrasse ele (All Might), algum dia em que ela já pudesse controlar a própria quirk, ela consertaria o ferimento dele?!.
Muitas vezes os autores não deixam personagens que devem morrer se encontrarem com aqueles que podem salvá-los exatamente pelo fato de que a trama exige isso. No último Arco o autor até fez de forma que a Eri estivesse desacordada, exatamente para que ela nem sequer tentasse reverter o ferimento do Nighteye.
O festival pelo menos será um começo para Eri. Eu gostaria de ver ela evoluindo bastante (na verdade, eu acho que ela vai morrer rapidinho) e alguma coisa grandiosa sendo tirada da quirk dela.


 A segunda parte do capítulo foi a apresentação, espetacular por sinal, do novo vilão ”Gentle” que parece muito com aqueles personagens bizarros de One Piece, com alguns tiques incomuns envolvendo ”gentileza”. De cara ele parecia um Aoyama crescido, mas com uma direção mais para o lado de cavalheirismo do que o narcisismo. Apesar disso, ele quer ficar famoso por vias criminosas, e está fazendo isso da forma mais moderna possível: ”Youtuber” (essa geração é um perigo…) Eu adorei o visual dele, a forma de falar e até esses tiques com o chá e a quirk dele que parecem compatíveis.
Agora, algumas observações sobre a quirk, que pareceram bastante confusas de primeira.
1º Ele ”voa” e parece ser uma espécie de materialização em fumaça, igual o Smoker de One Piece. Mas ele também deve ser esplêndido no combate corpo a corpo.
2º Ele é velho, se ele realmente for como o Smoker, a quirk dele é de locomoção e nada ofensiva, então ele teria que ter treinado muito corpo a corpo para combinar sua quirk e golpes fatais.
3º  Até agora só foi mostrado uma parceira, a ”La brava”.
Algumas pessoas podem achar que esse nome quer dizer ”brava/bravinha” e eu fiz uma pesquisa (vagabunda por sinal…) e não achei traduções precisas sobre ”La brava” ser ”brava” em francês, mesmo que as roupas deles pareçam mais com o estilo francês antigo. ”La brava” teve uma tradução muito mais precisa em Italiano, e significa ”Bom” ou no caso da garotinha ”boazinha”. Considerando que o nome dele é ”Gentle” de ”gentil” eu achei que fazia mais sentido o nome dela ser ”boazinha”, é mais irônico e deixou a caracterização deles bem mais interessante.
Agora, sobre a cena em si…
 Perceba que o ambiente sofreu uma influência de quirk depois que o Gentle chamou a atenção de La Brava, logo em seguida as paredes começaram a ”correr” ou seja, ela é dona de uma habilidade que influência a realidade em um pequeno ponto, enquanto ele até agora só mostrou a quirk de fumaça (ou alguma coisa gasosa… que seja).
 Aí está! os heróis feridos. Ou o local teria batido bastante neles, ou o Gentle que saiu distribuindo porrada. Logo em seguida vemos mais uma página mostrando que a quirk dele seria de fumaça ou gás.
 Nessa página podemos ver que ele voou uma distância gigantesca, se ele for mesmo algum tipo de Smoker, assim como fumaça, ele treinou bastante para que não se disperse no vento. Ele também é muito distraído, com a última cena do chá na cara de La Brava. Enfim, espero vê-lo em ação logo ^_^
 Esta foi a review do capítulo 170. Espero que tenham gostado. Críticas, discordâncias e elogios nos comentários. Até mais XD

Comments

comments