[Review] Nanatsu no Taizai – Alma hereditária

Vamos fazer dessa discussão um último tributo a dois dos personagens mais interessantes criados nessa obra!

Os eventos desse capítulo foram quase todos previsíveis, ou no mínimo imagináveis. Dolor e Gloxinia, como no capítulo passado, continuaram fazendo típicos diálogos de despedida, e, assim como eles, nós sabíamos que o gigante e o fada iam morrer ali e estávamos nos preparando para as mortes no decorrer do capítulo.

Se Dolor e Gloxinia, que estavam só na broderagem, conseguiam fazer ótimos combos de ataques, estou muito curioso para ver Diane e King combinando suas habilidades de verdade.

Como também falei no review passado, eu já sentia que a dupla tinha se redimido diante de seus clãs. Ainda mais por estarem dispostos a voltar a protegê-los. Talvez eu tenha sentido mais isso porque Nakaba estava tentando mostrá-los como os personagens bonzinhos que eles eram antes da Guerra Santa. Contudo, diante de poucas cenas de batalhas e um ar de que eles deram trabalho para o poderoso Chandler, eles deixam a história.

Com poucas ações, eles se tornaram bastante simpáticos na história. Nakaba os construiu muito bem.

Um dos legados importantes dessas mortes foram as mensagens para King e Diane. Gloxinia está crente de que King ficará mais forte e será um ótimo rei, assim como nosso Urso tem mostrado que será. Quanto a Diane, me pergunto se Nakaba já tinha pensado nessa onda da raça estar acabando devido às más lideranças que só os fazem lutar. Como pudemos ver principalmente na história extras que conta o passado de nossa Serpente, ela repudia essa índole dos gigantes e também já teve problemas devido a isso. Contudo, é estranho a história só mostrar que ela seria a mais adequada para o cargo agora (o que faz parecer que foi pensado recentemente por Nakaba).

Os únicos com quem nossos finados reis fada e gigante ainda precisavam se redimir eram com Meliodas e Elizabeth, devido às suas traições em plena guerra. Seus sacrifícios certamente serão lembrados pelo casal, pois foram essenciais para a fuga atual.

Mas ainda fica o questionamento: Elizabeth não conseguiria fazer nada ali? Quando vimos o passado, a deusa Elizabeth passava uma impressão de que era extremamente poderosa e Meliodas confiava em seu poder. Isso é ainda enfatizando quando ficam os dois de pé diante de seus reis no passado. Elizabeth foi capaz de curar duas bestas Indras de vez. Se ela recuperou as lembranças, imaginei que ela seria um dos mais novos “picos” de poder dos Pecados. Até o momento, só estamos vendo a mesma Elizabeth de sempre agindo.

A coragem de Nakaba para fazer matar esses personagens pode significar algumas coisas: 1) Qualquer personagem, sem shipp sem contar com os Pecados, pode morrer. Nakaba não tem tanta pena de personagens, como Eichiiro Oda muitos mangakas tem. 2) Derriere e Monspiet podem voltar para história e morrer também. Assim como os recém falecidos estavam, o casal de demônios parece estar querendo tocar suas vidas para frente em paz. Como eles saíram da história com cara de que poderiam mostrar mais, se preparem para vê-los morrendo também no futuro.

Lutaram até o fim e morreram de forma brutal honrada em nome do futuro!

O nome do próximo capítulo, “O fim dos 7 Pecados capitais”, e bem sugestivo, mas eu não acredito que de fato eles venham a se separar devido ao momento crítico para nossa deusa. Contudo, Chandler enfeitiçou 3 deles e não sabemos quando eles estarão apitos a lutar adequadamente de novo, os que podem lutar já perceberam que nada podem fazer contra demônios do mais alto nível e o Capitão está inconsciente, sendo até melhor que fique assim.

Ao menos ficou claro que eles partiram em paz.

Os Pecados precisarão de um estopim para separá-los, como a inferioridade de poderes ter gerado a morte de Gloxi e Dolor, ou a destacada fraqueza de Ban fazê-lo querer largar o bando (ele é meio esquentadinho). Fora a possibilidade de Meliodas acordar e se mandar dali, dando a sugestão de “fim” pela falta de liderança.

Contudo, ainda podemos ter Elizabeth novamente pedindo ajuda aos Pecados como fator para uni-los, Merlin voltando a lembrar da profecia ou até mesmo nosso Arthur Pendragon, que já está encaminhando um ataque ao mesmo objetivo dos Pecados, solicitando a ajuda deles. O que acham que está por vir agora que os Pecados perderam uma batalha? Vamos ver o quão Nakaba-sensei pode nos surpreender.

Pode comentar se gostou ou não do review e como poderíamos melhorar. Caso queira ver mais reviews e teorias de Nanatsu no Taizai e outros grandes títulos, curta nossa página: https://www.facebook.com/otakunoemaki/.

Comments

comments