[Review] Shingeki no Kyojin – Feliz em Saber

Os preparativos para o Festival começaram, e em meio a um clima de paz e comemoração, Eren e Reiner finalmente se reencontram!

O capítulo 98 começa aproximadamente um mês depois do fim do 97. Algumas das coisas que vimos começando no 97, se desenvolveram para situações ainda bastante misteriosas, que devem se resolver nos capítulos que estão por vir.

Começamos o capítulo com uma reunião dos Altos Oficiais de Marley com os Guerreiros, planejando o próximo ataque à Paradis. Reiner explica aos oficiais que o Lado Norte das Muralhas tem vários problemas em suas defesas, de modo que seria uma opção atacar por ali. O oficial retruca dizendo que somente o Lado Sul tem uma doca onde os navios maiores podem aportar, de modo que seria o único lugar onde eles poderiam descarregar suas armas em segurança. Reiner retruca relembrando que eles já perderam 32 de seus navios no Lado Sul da ilha, e que talvez seria uma boa ideia mudar de tática, mas o oficial considera o seu comentário uma afronta, e o coloca em seu lugar, deixando novamente evidente a diferença de tratamento entre eldianos e marlianos. Vale a pena chamar a atenção para Magath no fim da cena, e a reação de Reiner o observando.

Magath também não parece feliz com a atual situação do exército marliano.

Na próxima cena temos uma reunião dos Guerreiros, onde eles comentam sobre a reunião, acredito que com um tom de ironia em seus comentários, como falam sobre os generais serem brilhantes e terem boas estratégias, como colocar o destino de tudo nas mãos de quatro crianças. Eles estão preocupados com o que acontecerá com os eldianos em um futuro próximo, e com bastante razão.

Porco e Pieck parecem bastante irônicos em seus comentários sobre os brilhantes planos de seus superiores, sobre como confiar tudo a quatro crianças.

Enquanto conversam sobre a guerra próxima, eles observam as quatro crianças guerreiras treinando, e presenciam o momento em que Falco finalmente consegue superar Gabi em uma prova. Eles cogitam sobre a possibilidade de Falco acabar sendo escolhido para herdar o Titã Encouraçado ao invés de Gabi, o que trás preocupação a seu irmão, Colt, e traz amargas lembranças a Porco e Reiner. Nessa cena existem dois detalhes que valem a pena ser destacados: Zeke falando para Colt que “deve ser assim que um irmão mais velho age”, e os dois jogando baseball no fim da cena. Esses detalhes farão mais sentido ao longo do capítulo.

Zeke e Colt jogando baseball juntos, provavelmente como treinamento de arremesso para Colt, já que ele está cotado para ser o próximo Titã Bestial.

De volta às crianças, Udo e Zophia celebram que Falco finalmente ganhou da Gabi. Ela nitidamente não está feliz por ter perdido, e confronta Falco pelo motivo de tanto querer o poder do Encouraçado para si, até que ele finalmente admite estar fazendo isso por ela. Os guardas do portão, Udo e Zophia parecem se divertir bastante com a cena!

Falco finalmente conseguiu superar Gabi em uma prova.

Falco foge, por vergonha do que acabou de admitir, e as outras três crianças vão na direção do local onde será realizado o Festival. Apesar de serem tão novas, as crianças já parecem perceber o que está acontecendo, que eles vão declarar guerra naquele festival, e que pessoas de todo o mundo estarão lá para assistir. Eles sabem que isso vai resolver os problemas de Marley, mas tem suas dúvidas se isso irá ajudar com a imagem dos eldianos. Udo relata que sua família veio de um gueto localizado em outro país, dando a impressão de que mesmo em outros países, os eldianos estão condenados a viver confinados. Ele fala que os eldianos são tratados ainda com mais hostilidade em outros países do que são em Marley, e que líderes de outros países podem considerar um insulto terem sido convidados a um festival em um gueto eldiano. Isso nos faz questionar ainda mais o que será do futuro dos eldianos, pois até mesmo se Eren e os outros de Paradis assumirem o controle de Marley, eles ainda teriam que lutar contra todo o resto do mundo, e seu povo dificilmente seria bem vindo em algum lugar. Eles realmente nunca teriam paz, enquanto estiverem amaldiçoados pelo sangue de Ymir Fritz. Gabi ainda é otimista, e acha que eles poderão mostrar ao resto do mundo que eles não são demônios.

Bem próximo de onde estão as três crianças, Willy e Magath conversam sobre o festival e seus planos. Com um mês de diferença na história desse e do último capítulo, muitas coisas aconteceram sem nós tomarmos conhecimento de seu rumo, e uma delas foi o plano de Willy e Magath. Creio que Willy designou Magath para reestruturar algumas partes do exército, e o mantém informado sobre o plano. Magath agora irá assumir o comando de todo o exército, e jura sua fidelidade a Willy. Aqui temos outra confirmação de que Willy é o verdadeiro líder de Marley, apesar de não gostar de admitir isso, e de falar o quão grande sua responsabilidade é.  Por fim, Magath fala como o exército marliano estava à beira de um colapso, fazendo alusão a uma casa. Ele diz que apesar disso, alguns pilares ainda são estáveis, e que segundo eles, alguns ratos já conseguiram invadir a casa. Aqui temos uma indicação de que ele tem conhecimento de possíveis traidores, ou que invasores conseguiram entrar no país. Será que ele já tem conhecimento sobre Eren?

Willy e Magath parecem estar conseguindo avançar em seu plano.

A cena passa para Falco e Eren se encontrando novamente no hospital. Falco agradece a Eren por todo o seu apoio, e que por causa disso finalmente conseguiu vencer da Gabi. Eren também o agradece por toda a sua ajuda com as cartas, dando a perceber que Eren enviou muitas outras depois daquela primeira que vimos no capítulo passado. No review do capítulo passado, escrevi sobre a possibilidade de aquela carta ter sido endereçada à Zeke, já que Eren cita que é para sua família, e por ter um quadro com uma imagem de Zeke na página, mesmo que ele não tivesse relevância para as cenas antes e depois dele. Aqui temos mais confirmações dessa teoria, Falco percebe a luva e a bola de baseball que Eren carrega, ele pergunta se era de alguém de sua família, e Eren responde que sim; foi presente de alguém de sua família. Desde a batalha de Shiganshina, quando estava arremessando as pedras em sua forma titã, baseball é algo que faz referência à Zeke, e isso já basicamente confirma que os dois entraram em contato.

Será que a luva e a bola de baseball foram presentes de Zeke para Eren?

Falco vai embora e um médico se aproxima de onde estar Eren. Só quando ele senta ao seu lado, Eren percebe que se trata de seu avô, pai do Grisha. O Dr. Yeager fala que percebeu como Eren e Falco estão se tornando amigos, mas pede para que ele tenha muito cuidado, pois o tio de Falco era um dos líderes do Movimento Revivalista de Eldia, o que acabou amaldiçoando toda a sua família. Os Revivalistas foram condenados a ir para Utopia, mas suas famílias tiveram que provar que não tinham nada relacionado às pessoas mandadas para a ilha, então tiveram que dedicar todas as suas vidas a servir no exército de Marley. Ele também fala que a família Grice só passou a ter paz quando Colt foi escolhido como próximo portador do Titã Bestial. Ele pede que Eren não envolva Falco em nenhuma confusão, de que se começassem a criar suspeitas sobre sua fidelidade, o dano não seria somente para ele, mas para toda sua família. A partir do momento em que eles passam a falar sobre família, fica claro que o Dr. Yeager não está no hospital como um médico, e sim como um paciente, e que ele ainda se consome pela culpa do que aconteceu a seus dois filhos.

O Dr. Yeager ainda se culpa pelo que aconteceu a seus filhos.

Sabendo disso, também é possível assumir que Zeke e Eren podem ter se encontrado no próprio hospital, e que o Zeke poderia usar o pretexto de estar visitando o seu avô para também encontrar-se com Eren. Possivelmente, isso é algo que será explicado em um futuro flashback!

Na próxima cena já temos o inicio do Festival, com uma festa de recepção aos visitantes. As crianças estão trabalhando na festa como garçons, e após ouvir pessoas insultando eles e seu povo, Udo acidentalmente derruba vinho no kimono de uma mulher do clã asiático. Finalmente, é muito bom vermos uma diversidade de etnias na história, pois nesta cena podemos ver não só pessoas orientais, como negras. A bondosa senhora asiática acaba salvando Udo, e é bom ver que ela tem uma mentalidade diferente dos que os estavam insultando, já que Udo poderia ter acabado morto se ela tivesse contado a verdade. Ainda mais interessante é ver o símbolo nas costas de seu kimono, que parece ser algo bastante distinto e pode remeter a cena da Mikasa criança com seus pais, aonde sua mãe mostra a ela o símbolo de seu clã. Aqui também aprendemos que o nome de sua nação é Hizuru.

O misterioso símbolo no Kimono da representante de Hizuru. Será o símbolo do clã da mãe de Mikasa?

Aqui também podemos ver como aparentemente todos conhecem o Willy, e todos apreciam a sua companhia, e tem histórias de sua infância e juventude para compartilhar. Fica mais claro ainda a diferença no tratamento dos Tybur para o restante dos eldianos. As pessoas das outras nações também não têm uma resposta positiva ao embaixador de Marley, mas aclamam de pé quando Willy assume a palavra. Eles chamam Willy de Descendente dos Salvadores, e Willy os lembra que apesar de tudo, ele também é um eldiano, raça que eles tanto odeiam e desprezam, por serem os demônios que massacraram tantas pessoas das mais diversas nações.  Willy fala que os marlianos foram oprimidos pelos titãs mais do que qualquer outra nação, e que quando acabaram chegando ao poder, acabaram usando os poderes titãs para oprimir as outras nações. Willy fala que chegou a uma conclusão de como pôr fim a questão da vontade de exterminar todos os eldianos, e que vai anunciar qual é essa resposta no Palco do Festival, no dia seguinte. Seja qual for o plano de Willy, após a conversa dele com Magath, e após ver as diferentes reações dos outros povos a Willy e ao embaixador marliano, faço minhas apostas de que o plano de Willy envolve tomar oficialmente o poder de Marley, para assim ter o apoio das outras nações.

Willy é bastante estimado pelos representantes das outras nações.

O Festival finalmente começa, e as crianças aproveitam o dia especial no Gueto, com muitas atrações especiais e comida que eles não têm tão fácil acesso. Reiner, cuidando das crianças e comprando comida para elas, é uma das sequências mais preciosas e fofas de todo o mangá. Toda essa cena parece a calma antes da tempestade, e acaba com a Gabi falando como essa vida é maravilhosa, e como ela sente que algo mudará em breve.

Reiner e as crianças aproveitam o dia do festival. 

A noite do grande anúncio finalmente chega, e Falco está desaparecido. Quando ele finalmente aparece, pede que Reiner o acompanhe para ver uma coisa. Reiner fica preocupado, afinal o anúncio está para começar e é esperado que todos eles estejam ali assistindo, mas Zeke o tranquiliza falando que eles tem algum tempo antes de começar, e que não tem problema o Reiner ir com o Falco. Essa fala dele também pode sugerir que ele tinha conhecimento do que aguarda Reiner.

Reiner então acompanha Falco, e vai até um porão, fazendo alusão a descoberta do porão em Shiganshina. Lá, finalmente, temos o tão esperado confronto entre Reiner e Eren, que se diz feliz por Reiner ter voltado em segurança para sua Terra Natal.

Reiner e Eren finalmente se reencontram após 4 anos.

Esse foi o capítulo final do volume 24, e o volume 25 promete muitos acontecimentos. Nos próximos capítulos devemos ver o que Eren quer com Reiner, qual o seu plano de ação, se Zeke é seu aliado ou não, se o festival vai acontecer realmente ou uma batalha o fará ser interrompido, e se as suspeitas de Magath eram realmente sobre Eren e Zeke. São muitas perguntas que prometem capítulos cheios de tramas e revelações! O capítulo 98 foi um ótimo capítulo para mostrar a paz de dentro do Gueto, antes de uma mudança forçada em sua realidade que deverá acontecer em breve, e vamos ficar acompanhando para ver o que Isayama tem em mente!


Gostaram do review? Alguma crítica ou sugestão? Pode comentar ou nos mandar por mensagem! Quer acompanhar nossos reviews e teorias? Curta nossa página: https://www.facebook.com/otakunoemaki/.

Comments

comments